top of page

Demanda por cobre vai explodir, afirma Goldman Sachs


Embora a perspectiva de uma recessão global possa sugerir uma queda no cobre, um metal cujo preço é frequentemente correlacionado com o crescimento econômico, o Goldman Sachs estimou em uma nota recente que a demanda pelo metal vermelho vai explodir e é improvável que a oferta siga.

Goldman ressalta que além da "transição verde", que está impulsionando a demanda por cobre, a oferta por sua vez se depara com o fato de que o número de novos projetos aprovados atingirá o pico em 2024. Depois disso, nenhum projeto significativo não é esperado antes de 2027 ou 2028, disse o banco.


“Embora o crescimento da oferta pareça moderado a partir de 2024, espera-se que a demanda acelere devido à mudança em direção a uma economia de baixo carbono e à crescente demanda por cobre verde”, dizia o relatório.

Note-se que o cobre é um componente essencial dos veículos elétricos, devido à sua utilização em baterias, cablagens, pontos de carregamento e outros. Também é usado no armazenamento de energia, bem como na geração de energia eólica e solar.

Goldman também explicou que a perspectiva é fundamentalmente baixista para o fornecimento de cobre, pois fica cada vez mais difícil para as empresas obterem autorizações sociais e ambientais para novas minas.

“Dada a crescente desconfiança de grupos ambientais e indígenas sobre os potenciais efeitos negativos da mineração na água, terra, biodiversidade e emissões, os governos estão cada vez mais retendo ou retirando licenças de mineração”, explica GS.

Por fim, a Goldman Sachs (NYSE:GS) (BVMF:GSGI34) identificou neste contexto algumas ações de produtores de cobre que devem se beneficiar da situação e que "têm alguns dos projetos de crescimento mais sólidos, muito rentáveis ​​e com probabilidade de aumentar significativamente seus fluxos. Futuro fluxo de caixa e produção".


Opmerkingen


Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page